BPM

Formulário ECM - Configurações avançadas de campos e datasources

901 views 16/02/2018 14/09/2020 marcio-poffo 8

Um campo do ECM possui ainda algumas opções avançadas de configuração.

É nas configurações avançadas dos campos, que se define, se o campo será apresentado ou não no aplicativo.  Para saber mais sobre como integrar com o aplicativo acesse o link.

Os campos podem ainda utilizar “datasource” para apoiar no seu preenchimento.

Um datasource é uma fonte de dados externa que pode ser usada para montar uma lista dinâmica em um campo. Pode ser por exemplo uma lista de usuários, ou uma lista de CEPs do site dos correios ou qualquer outra fonte de dados (interna ou externa) que utilize a especificação REST.

É possível configurar o campo como “Consulta”, que será a informação utilizada para filtrar os dados da fonte de dados.
Também é possível configurar um campo como “Resultante”, neste caso, os dados serão retornados através do campo “Consulta”. É possível por exemplo, a partir do campo CEP que é um campo “Consulta”, preencher outros campos como endereço automaticamente.

Vamos primeiro criar um datasource para depois usar no formulário.

Para definir uma fonte de dados, acesse o menu BPM -> Configurações -> Fonte de dados.
Você pode editar uma fonte existente que será listada ou então criar uma nova.

Vamos configurar por exemplo uma fonte de dados que lista as cidades de Santa Catarina (cidades-sc).

Para esse exemplo, vamos usar um site que fornece uma série de dados geográficos do mundo inteiro. Trata-se do geonames.org

Usando esse site, para retornar as cidades do estado usaremos essa URL: http://www.geonames.org/childrenJSON?geonameId=3450387

Se colocar essa URL no browser, é possível verificar o JSON retornado.

Segue uma parte do retorno já formatado para melhor visualizarmos:

{
“totalResultsCount”: 295,
“geonames”: [{
“adminCode1”: “26”,
“lng”: “-51.04023”,
“geonameId”: 6323039,
“toponymName”: “Abdon Batista”,
“countryId”: “3469034”,
“fcl”: “A”,
“population”: 2653,
“countryCode”: “BR”,
“name”: “Abdon Batista”,
“fclName”: “country, state, region,…”,
“adminCodes1”: {
“ISO3166_2”: “SC”
},
“countryName”: “Brazil”
}, …

O serviço retorna várias informações. Iremos disponibilizar no datasource os campos geonameId e name que estão dentro de geonames que é o elemento raiz no JSON. Poderiamos disponibilizar a informação de tamanho populacional (population) disponível no serviço se for relevante para o que o data source for usado.

A configuração fica assim:

O campo elemento raiz só é necessário informar, se o JSON de resposta do serviço possuir um elemento raiz.

Disponibilizamos duas informações existente no serviço no datasource. Assim, na hora de usar o datasource em um campo do ECM, poderá se optar por ao selecionar um registro, utilizar o campo ID ou Nome da Cidade para preencher o campo.

O campo será do tipo “autocomplete”, ou seja, o filtro ocorre enquanto se vai digitando.

Na tela irá ficar assim:

Através o ícone da lupa é possível ainda fazer uma pesquisa mais detalhada.

Agora que temos o datasource, basta configurar o campo do formulário conforme a primeira imagem. Apenas selecione a fonte de dados na guia configurações avançadas, e também o campo da fonte de dados que será utilizada para o preenchimento do campo.

Veja outro exemplo de datasource:

Usuários da plataforma: 

URL https://platform.senior.com.br/t/senior.com.br/bridge/1.0/rest/usuarios/web_interface/queries/listaTodosUsuarios

JSON

{
“rows”: [{
“idUsuario”: “d1c040b3-943a-4be8-9343-61ee69cc2754”,
“nome”: “admin”,
“nomeCompleto”: “Administrador do sistema”,
“email”: “noreply@senior.com.br”
},..

Configuração

 

Este artigo foi útil para você?